segunda-feira, 19 de setembro de 2011

11° SEMANA MUNICIPAL DA PAZ EM LONDRINA


           Escutei na Rádio Rio de Janeiro (rádio espírita) o brilhante jornalista André Trigueiro comentar a respeito da 11ª semana municipal da paz em Londrina, mas o que diferencia este projeto é que há uma política eficaz visando combater os mais diversos tipos de violência. Compartilho da mesma idéia, se queremos combater a violência devemos abraçar o problema. De que forma? Participando ativamente dos problemas, procurando implantar projetos sociais. Vestir camisa branca e sair de mãos dadas clamando por paz em Copacabana é pura hipocrisia, este tipo de manifestação não tem resultado algum!
           Por falar nisso, conheci na cidade de Cascavel (PR) a Marisa, uma mulher extraordinária e que trabalha na Assistência Social na própria cidade e acho que devemos enaltecer não só a Marisa como tantos outros profissionais que desenvolvem um trabalho importante à frente dos mais diversos problemas sociais. 
           Está na hora da sociedade acordar, porque não é apenas um problema que envolve o profissional da Assistência Social, mas sim um problema que envolve todos nós e mais uma vez passa pela educação. A educação é o alicerce visando uma sociedade mais justa, mais humana. Há muito que se fazer, afinal vivemos numa sociedade em que muitos são individualistas, consumistas ao extremo, ingratos, hipócritas. Contudo vendo a Marisa entre tantos outros trabalhando por um mundo melhor, nos motiva a caminhar firme acreditando que um dia veremos uma sociedade galgada pelo amor! Quem viver verá!

Um comentário:

social disse...

Historicamente, a família sempre esteve
inserida na área de atuação do Serviço Social,
porém, na maioria dos serviços, ela vem sendo
contemplada de maneira fragmentada, ou seja, cada
integrante da unidade familiar é visto de forma
individualizada, descontextualizada e portador de
um problema. Em vista disso, um dos desafios da
profissão é a busca de metodologias para trabalhar a
família como um grupo com necessidades próprias
e únicas. Obrigada pelos comentários meu amigo Lucho, realmente a violência vem sendo alvo se politicagem, para muitos se promoverem principalmente os Políticos corruptos, que em época de campanha, se lembram da área social, pois a população que sofre de total essa carência, material e principalmente emocional, acaba de levando e não colocando suas criticas frente essas barbáries que acontece na sociedade, esquecida pela o Estado. Os problemas com a violência se naturalizaram isso deixa nos Profissionais da área da Assistência Social de mãos atadas, pois a população não conhece seus direitos o governo nos sabota, enfiam meu querido amigo Lucho, são pessoas como você que precisamos por perto, para podermos fortalecer essa sociedade frágil. Obrigada pelo espaço, só assim podemos transformar nossa sociedade em algo melhor.....
Abraço Marisa.