sexta-feira, 6 de maio de 2011

E O OSCAR DE MELHOR ATOR VAI PARA...


              Para as famílias que perderam parentes ou amigos com os atentados terroristas devem estar aliviados com a morte de Bin Laden, é como se tivesse feito justiça. Agora do povo norte-americano ir para as ruas comemorar como se fosse uma final de Copa do Mundo, eu acho sinceramente que beira ao ridículo. Até que ponto que o ser humano chegou de ir para as ruas festejar a morte de alguém.
             Ah! Estes mesmos que estão indo às ruas comemorar a morte de Bin Laden (mas ele não é invenção dos norte americanos?) fazem parte do ÚNICO PAÍS DO PLANETA A FAZER USO SISTEMÁTICO DO NAPALM CONTRA SERES HUMANOS, como ocorreu no Vietnã. Não são estes que possuem o mesmo DNA dos ingleses? Sim os ingleses que foram responsáveis por uma das maiores covardias: a Guerra do Paraguai.
            Azar do Bin Laden por não fazer parte do "eixo do bem", para aqueles que fazem não importa se estes carregam consigo a marca da corrupção e da crueldade, sendo amigos de americanos e ingleses está tudo certo. Ontem foi Saddam, hoje é Khadafi e tudo em nome da "paz". Paz com sabor de petróleo.
            Se os norte americanos querem tanto a paz porque são os países que mais investem em armamento por ano?  Se os norte americanos se rotulam do bem porque até hoje não assinaram o Protocolo de Kyoto sendo eles os maiores responsáveis pelas emissões de gases poluentes?
            Bin Laden é um mero coadjuvante! Afinal o Oscar de melhor ator sempre foi e sempre será dos norte americanos e dos ingleses.


Nenhum comentário: